* DO JEITO DE DEUS

“Os israelitas gemiam e clamavam debaixo da escravidão […] Ouviu Deus o lamento deles e lembrou-se da aliança que fizera com Abraão, Isaque e Jacó.” Ex 2.23-24

O livro de Êxodo começa com uma vívida descrição da opressão imposta pelo novo faraó (provavelmente Ramsés II), que nada sabia sobre José, aos israelitas. Os egípcios “tornaram-lhes a vida amarga, impondo-lhes a árdua tarefa de preparar o barro e fazer tijolos, e executar todo tipo de trabalho agrícola” (1.14). A opressão durou 430 anos. Porém, eles clamaram a Deus por libertação e “Deus ouviu o lamento deles e lembrou-se da aliança que fizera com Abraão, Isaque e Jacó” (2.24). Na verdade, ele já estava preparando um libertador.

Quando ainda era bebê, Moisés escapou por pouco de ser arrastado pelas águas do rio Nilo. Ele foi retirado do rio por uma das servas da filha do faraó, que entregou o menino à sua própria mãe para que ela o criasse. Depois de crescido, ela o levou à filha do faraó, que o adotou. Provavelmente Moisés experimentou alguns conflitos entre as culturas egípcia e hebraica. Entretanto, ele nunca negou sua identidade hebraica nem deixou de se indignar diante do sofrimento do seu povo. Em determinado momento, tomou uma decisão difícil e corajosa: “Pela fé Moisés, já adulto, recusou ser chamado filho da filha do faraó, preferindo ser maltratado com o povo de Deus a desfrutar os prazeres do pecado durante algum tempo” (Hb 11.24-25).

Mas, apesar de amar o seu povo e identificar-se com ele, Moisés agiu de forma imprudente, fazendo justiça com as próprias mãos ao matar um egípcio que espancava um hebreu. No dia seguinte, ao tentar separar uma briga entre dois hebreus, eles recusaram sua intervenção. A notícia da morte do egípcio se espalhou rapidamente, e ele teve que fugir para a terra de Midiã (península do Sinai), permanecendo ali durante quarenta anos, até esfriar a cabeça. Ele teria de aprender que só é possível fazer a vontade de Deus do jeito de Deus.

Retirado de “A Bíblia Toda, o Ano Todo” [John Stott]

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s