* DESTRUINDO O MEDO

Paisagem

Leia Esdras 3.7-13 e reflita.

Com louvor e ações de graças, cantaram responsivamente ao Senhor:“Ele é bom; seu amor a Israel dura para sempre”. E todo o povo louvou o Senhor em alta voz, pois haviam sido lançados os alicerces do templo do Senhor. (Esdras 3.11)

O povo de Judá fora exilado. Jerusalém e o templo estavam em ruínas. Estrangeiros haviam ocupado a terra — um povo que não compreendia nem reverenciava os costumes da nação judaica. Quando os primeiros judeus voltaram do exílio, sentiram-se temerosos e intimidados. Sabiam, porém, que deviam reconstruir o templo de Deus, e então começaram. O processo foi lento e árduo, até que finalmente os alicerces do templo foram lançados.

Depois disso o povo passou a louvar a Deus, cantando, clamando e tocando trombetas e címbalos. O ruído era tão alto que todos os vizinhos estrangeiros podiam ouvi-lo.

Quando estiver lutando, duvidando ou com medo, ou ainda sentindo que seus fundamentos desmoronaram, jamais subestime o poder do louvor! Nem mesmo pense nisso. Louve. Deixe de lado toda hesitação. Faça do louvor sua primeira resposta a situações que a atemorizem. Deus quer que o louvemos sempre, mas especialmente quando nos sentimos temerosos ou desanimados. Quando louvamos, Ele não só elimina nosso medo como nos concede alegria (Sl 34.1-5).

O medo transmite-lhe inverdades a respeito de Deus. Não reconhece que a presença de Deus é poderosa e plenamente ativa. Suprime toda esperança e fé no desejo de Deus trabalhar em seu favor. A verdade, no entanto, é que a fé, a oração, o louvor e a Palavra vencerão todo temor em você.

Stormie Omartian, em “BOM DIA!”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s