* HONRANDO DEUS ATRAVÉS DA ORAÇÃO

O pequeno relato sobre a oração que Jabez fez está registrado no primeiro livro das Crônicas, no capitulo 4, versículos 9 e 10. A oração que Jabez fez, muito provável no inicio de sua vida adulta, mudou por completo sua historia. Mas antes de adentrarmos na historia de Jabez propriamente dito, vamos nos situar no tempo e saber qual motivo teve o escritor de Crônicas.

Os Judeus estavam desolados, desanimados e sem inspiração para recobrar as forças para assumir o lugar especial que tinham na historia, bem como nos planos de Deus. E foi por esta razão que os livros foram escritos. A autoria do livro é atribuída a Esdras, tanto pelos primeiros cristãos quanto pelo Talmude — livros das tradições judaicas. E é justamente pela razão de situar o povo nos planos divino, que o primeiro livro das Crônicas começa com extensas listas genealógicas.

E dentre essas genealogias o escritor, ao citar Jabez, um dos descendentes de Judá, no capítulo quatro, faz questão de dizer que ele teve sua historia — que antes era lamentável— transformada em uma historia boa de ser lembrada. E era tudo o que os judeus precisavam ler/ouvir naquele momento, pois o templo onde eles adoravam a Deus estava destruído, o muro de Jerusalém havia sido derrubado, as plantações já não existiam mais — o livro de Salmos chega a dizer, no de número 126. 5, 6, que nessa época se faziam as plantações chorando de tão grande que era a desesperança.
Esdras começa a dizer que Jabez foi mais ilustre do que seus irmãos. Ou seja, está indicando que alguma coisa de diferente ele fez durante a trajetória de sua vida para que se sobressaísse, já que o escritor estava falando de alguém havia existido muitos anos antes. O que de diferente ele fez? Nada mais ou menos que uma oração. Jabez, ao nascer, recebeu esse nome – que significa “filho da dor” — porque sua mão sofreu muitos dores durante o trabalho de parto.

Jabez sem sua oração teria sido alguém, no texto, apenas com as primeiras características, que de tão irrelevantes, talvez nem fossem citadas. Mas o que Deus fez em sua vida através de sua oração deu um novo e melhor significado a tudo que ele viveu antes dela, e para o que passou a viver depois. O texto diz o seguinte: “E foi Jabez mais ilustre do que seus irmãs; e sua mãe chamou seu nome Jabez, dizendo: porquanto com dores o dei à luz. Porque Jabez (explicando o porquê de ele ter sido ilustre) invocou o Deus de Israel, dizendo: Se me abençoares muitíssimo e meus termos ampliares, e a tua mão for comigo, e fizer que do mal não seja aflito!… E Deus concedeu o que lhe havia pedido.”

É importante percebermos que Jabez não oferece nada em troca a Deus, até mesmo porque ele tinha pouco ou quase nada. Mas ele ofereceu o que ele tinha de melhor: sua capacidade de exercer a fé. Hebreus 11.6 diz que “sem fé é impossível agradar a Deus”. Ele quer que o honremos com nossa fé. Deus quer que sejamos como Jabez também no que se refere a sermos ávidos por não nos contentarmos com o que temos e somos, mas que o supliquemos na busca do que Ele tem para nós.

Jabez não conseguiu nada mais, nada menos do que o que Deus tinha para ele. Percebam que o texto diz que ele “invocou ao Deus de Israel”. Invocar é o mesmo que “recorrer a”. O Deus de Israel era o Deus que havia prometido prosperar o povo de Israel, e Jabez era um israelita. Busque e só se contente com o que Deus tiver para você. A mãe de Jabez tinha lhe dado um nome ruim, e sua condição de vida, antes da oração, tinha apenas limitações para lhe oferecer. O que importa não são as circunstancias que nos cercam, mas o que Deus quer fazer conosco através delas.

Jabez só foi o que foi, porque passou pelo que passou. Parece meio redundante, e sem muito nexo, mas se você tem a oportunidade de buscar as bênçãos de Deus — e não o faz — você está deixando de honrá-lo. Pois até mesmo seu modo de buscar as bênçãos de Deus pode ser um meio para honrá-lo, pois só busca a Deus aqueles que nele creem. Hebreus 11.6 também diz que Deus “é galardoador daqueles que o buscam”. O que pode fazer com que as experiências de sua vida e tudo que você possui, ganhem novo e bom sentido, talvez não vá ser uma oração, mas tenha certeza que será seu modo de honrar a Deus. Jabez honrou a Deus com sua oração, e ela se tornou poderosa.

O desafio não é o de sermos como Jabez, mas sermos nós mesmos, e procurar honrar a Deus como Jabez fizera. Que o Deus de Israel, de Jabez, que é o mesmo nosso, possa nos fazer enxergar as oportunidades que temos de honrá-lo, para que nossa vida ganhe novo sentido, mesmo existindo nela aquilo de que não gostamos.

ARTIGOS GOSPELPRIME

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s