* E JESUS…DORMIA!

Jesus teve um dia longo e cansativo. Quando anoitece, ele diz aos discípulos: “Passemos para a outra margem”, o lado contrário à região de Cafarnaum. — Marcos 4:35.

No litoral leste do mar da Galileia fica a região dos gerasenos, também conhecida como Decápolis. As cidades de Decápolis eram um centro de cultura grega, embora muitos judeus também morassem ali.

Jesus não passa despercebido ao partir de Cafarnaum, pois outros barcos também fazem a travessia do mar. (Marcos 4:36) No entanto, essa viagem não é longa. O mar da Galileia é um grande lago de água doce. Tem uns 21 quilômetros de comprimento e aproximadamente 12 quilômetros de largura, mas não é raso.

Embora Jesus seja perfeito, é compreensível que ele esteja cansado por causa de seu ministério. Assim, depois que o barco sai, ele se deita na popa do barco, coloca a cabeça num travesseiro e dorme.

Alguns apóstolos são bons marinheiros, mas não será uma viagem fácil. Há montanhas em volta do mar, e geralmente a superfície do mar da Galileia é morna. Às vezes, o ar frio das montanhas desce rapidamente, encontra-se com a água morna do mar e, de repente, causa violentos vendavais. E logo acontece isso, pois as ondas batem contra o barco, que começa ‘a ficar inundado e em perigo’. (Lucas 8:23) Mesmo assim, Jesus continua dormindo.

Baseando-se em suas experiências anteriores com tempestades, os marinheiros tentam desesperadamente controlar o barco. Mas dessa vez é diferente. Temendo pela própria vida, acordam Jesus e dizem: “Senhor, salve-nos, pois estamos prestes a morrer!” (Mateus 8:25) Os discípulos estão com medo de morrer afogados.

Quando Jesus acorda, diz aos apóstolos: “Por que vocês estão com tanto medo, homens de pouca fé?” (Mateus 8:26) Então Jesus ordena ao vento e ao mar: “Silêncio! Cale-se!” (Marcos 4:39) O vento forte para e o mar fica calmo. (Marcos e Lucas relatam esse impressionante acontecimento. Primeiro, enfatizam que Jesus acalma milagrosamente a tempestade, depois mencionam a falta de fé dos discípulos.)

Imagine o que os discípulos estão sentindo! Eles acabam de ver o mar, numa violenta tempestade, se tornar totalmente calmo. Um medo incomum toma conta deles. Dizem uns aos outros: “Quem é realmente este homem? Até mesmo o vento e o mar lhe obedecem.” E eles conseguem atravessar o mar em segurança. (Marcos 4:41–5:1) Provavelmente os outros barcos que navegavam com eles conseguiram voltar à margem oeste.

Como é consolador saber que o Filho de Deus pode controlar as forças da natureza! Como é alentador saber que Jesus tem poder para resolver qualquer uma das nossas tempestades!

DEVOCIONAL A CHAMADA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s