* A REAL INTELIGÊNCIA

Provérbios 3:5 – Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento.

O ser humano dispõe de alguns recursos essenciais, no seu processo de autoidentidade e de autorrealização. A inteligência é um deles: sua função é a de resolver os problemas novos que enfrentamos. Ao refletir sobre o campo de competência da inteligência, Salomão propõe a sabedoria divinamente recebida como o agente catalisador do processo intelectual: “Confie no Senhor de todo o coração e não se apoie na sua própria inteligência” (Provérbios 3:5).

Quando recebeu do Senhor a capacidade de perceber e de avaliar eficazmente os recursos da sabedoria, o rei Salomão se deu conta de que a inteligência humana não é autossuficiente. Ainda que muito mal comparando, digamos que a inteligência seja vista como uma sofisticada máquina. O melhor combustível para seu funcionamento ideal seria o obedecer aos comandos do seu Supremo Criador e Mantenedor.

Seguindo este mesmo raciocínio o apóstolo Tiago, séculos depois de Salomão, retoma o tema da sabedoria espiritual e declara: “Se alguém tem falta de sabedoria, peça-a a Deus e Ele a dará, porque Ele é generoso e dá com bondade a todos que a pedem” (Tiago 1:5). O consenso dos escritores bíblicos sempre tem sido: o que busca o conselho do sábio da comunhão com o Senhor é aquele que colhe os melhores frutos da própria inteligência.

DEVOCIONAL AMOR EM CRISTO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s