* NÃO SEJA ESCRAVO DO PASSADO

114543.191899-Tumblr-messaging-icone11

Não diga: “Por que os dias do passado foram melhores dos que os de hoje?”. Pois não é sábio fazer esse tipo de pergunta. — Eclesiastes 7.10

Quando as pessoas são ingratas conosco, frequentemente começamos a reclamar: “As coisas estão piores do que nunca”. Porém não devemos falar assim. As pessoas mais idosas tendem a dizer: “Quando eu era criança, tudo era melhor”. Elas são as “pessoas que louvam os dias passados”, como as chamou um poeta. Mas o autor de Eclesiastes diz que isso não é verdade. Aliás, as coisas nunca foram tão bem. Nós somente entendemos quão ruins as coisas estão agora porque, como ficamos mais velhos, o número de coisas que nos aborrecem aumentou.

As crianças não prestam muita atenção às notícias sobre alguém que engana ou mata outra pessoa. Elas continuam brincando, correndo e se divertindo. Elas pensam que a pior coisa do mundo é quando alguém rouba as bolinhas de gude de alguém. Somente assim elas ficam iradas. Porém, quando se tornam adultas, as pessoas tornam-se sensíveis aos problemas e à deslealdade dos outros ao redor delas. Ficam iradas quando um cavalo quebra uma perna, quando o rebanho não engorda adequadamente e assim por diante.

O mundo sempre foi cheio de problemas, mas nem sempre estamos cientes de todos eles. Quando éramos crianças, nada nos incomodava. Nossas vidas permaneciam relativamente calmas. Mas o mundo sempre foi ímpio. Portanto, certifique-se de ter um coração tranquilo e pacífico. Não se torne perturbado quando vir esses males. Apesar de não poder mudar o mundo, tenha certeza de que você está se transformando em uma nova pessoa.

>> Retirado de Somente a Fé – Um Ano com Lutero. Editora Ultimato.

Print Friendly
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s