* UM ENCONTRO NO FUNDO DO POÇO

images (1)

No tanque de Betesda costumava ficar um grande número de pessoas doentes e inválidas (cegos, mancos e paralíticos), pessoas que estavam “no fundo do poço”, sem perspectiva, marginalizados pela religião e pela sociedade, cuja única esperança era uma superstição. Eles achavam que a primeira pessoa que entrasse no tanque, quando um anjo movimentasse as águas, seria curada.

Ninguém queria ir até aquele lugar nem ter contato com aquelas pessoas, tanto que Jesus foi até lá sozinho, nenhum dos discípulos estava com ele. Ele se aproximou de um homem que era paralítico há 38 anos e perguntou o que nos parece óbvio: “Você quer ser curado?”

Há pessoas que estão há tanto tempo no fundo do poço que se acostumam e não querem mais sair de lá. Não era o caso daquele homem, ele queria ser curado. O problema dele era outro: ele não tinha amigos. Ele não tinha ninguém que pudesse colocá-lo no tanque quando as águas se mexessem.

Graças a Deus nossa fé não está em superstições, mas sim em Jesus Cristo, filho de Deus. No mesmo instante Jesus disse: “Levante-se! Pegue a sua maca e ande”. E o homem que esteve paralítico durante tantos anos pegou a maca e andou.

Jesus vai onde mais ninguém quer ir. A religião, a família, os amigos não fizeram nada pelo paralítico, mas Jesus sim. Ele nos encontra no pior momento da nossa vida (no fundo do poço) e nos tira de lá, se assim o desejarmos.

Jesus está disposto a encontrar com você no fundo do teu poço. Mas você quer sair de lá?

DEVOCIONAL RAZÃO PARA VIVER

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s