* ACIONANDO O PODER DE DEUS

Então Marta e Maria “mandaram alguém dizer a Jesus: “Senhor, aquele a quem amas está doente” (Jo 11.3). Alguém foi o portador da petição. Alguém percorreu a trilha. Alguém foi a Jesus no interesse de Lázaro. E porque alguém foi, Jesus respondeu. Deixe-me perguntar-lhe, quão importante era esta pessoa no restabelecimento de Lázaro? Quão essencial era o seu papel? Alguém pode considerá-lo secundário. Afinal, Jesus não sabe todas as coisas?

Certamente Ele sabia que Lázaro estava doente. Positivo, mas Ele não supre a necessidade até que alguém vá a Ele com a mensagem. “E Jesus, ouvindo isto, disse: Esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus; para que o Filho de Deus seja glorificado por ela” (v. 4).

Quando Lázaro foi curado? Após alguém fazer o pedido. Oh, eu sei, a cura não se processaria por vários dias, porém o cronômetro foi acionado quando o apelo foi feito. Tudo o que se precisava era a passagem do tempo. Teria Jesus respondido se o mensageiro não houvesse falado? Talvez, contudo não temos garantia. Temos, de qualquer modo, um exemplo: o poder de Deus foi ligado pela oração. Jesus olhou para a real garganta da caverna da morte e chamou Lázaro de volta à vida… tudo porque alguém orou.

Max Lucado, em “A GRANDE CASA DE DEUS”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s