* VOCÊ É IMPORTANTE!

A metáfora da ovelha e do pastor é recorrente na Bíblia. A cena nos é familiar: Quando as ovelhas estão pastando, às vezes elas cortam o focinho contra alguma pedra aguda escondida na relva. Além disso, pode haver espinheiros, e elas sofrerem arranhões e ferimentos. Outras vezes, a subida é íngreme, e o sol muito quente, inclemente mesmo. No fim do dia, o rebanho está muito cansado, sem forças.

Ao chegarem ao aprisco, o pastor se põe à entrada e examina cada ovelha que passa. Se há alguma com  algum ferimento, ele lhe aplica um óleo balsâmico que ajuda a cicatrizá-lo, e evita a infecção. A ovelha fica boa logo.

Outra peça dos apetrechos do pastor é um vaso de barro que está cheio de água, é um tipo de jarro que conserva a água sempre fresca, pelo processo da evaporação. À medida que cada ovelha se aproxima, ele mergulha na água uma grande caneca, e a estende para o animal cheia até a beirada. A ovelha sedenta e cansada sorve com prazer o líquido restaurador.

Nosso coração sofre tristezas e mágoas. A consciência às vezes nos dói, como um dente infeccionado. Somos feridos com frequência. A vida não é fácil (alguém disse que seria?). O mundo pode nos parecer rude e cruel. Outras vezes ficamos cansados e desanimados. A vida se torna um peso insuportável.

Aqui também vemos o terno Pastor que compreende o sofrimento de seus filhos e está sempre pronto e capaz para nos socorrer nestes transes. Ele não fica aborrecido com nosso cansaço, nem nos acusa porque cansamos. Ele não fica estressado com nossos ferimentos. Ele nos acode, nos socorre e nos acolhe.

Notemos que Davi disse: “Unges-me a cabeça com óleo;  meu cálice transborda.”Ele não disse: Unge-nos a cabeça. Ele usou o pronome no singular. Durante todo o dia, o pastor esteve cuidando do rebanho como um todo, mas quando entram no aprisco, ele as examina uma a uma.

Um de meus professores da faculdade nunca conseguia lembrar meu nome. De certa forma, e, por consequência, eu não conseguia vê-lo com simpatia. Jesus disse: “Ele chama pelos nomes as suas próprias ovelhas” (Jo 10:3). Gosto desta passagem. Faz-me sentir importante.

O salmista disse: “O Senhor… sara os de coração quebrantado… conta o numero das estrelas” (Sl. 147:2,3,4). Todo o poder do universo está a minha disposição. O Deus todo-poderoso está todo voltado para mim, para me acudir, me reanimar e me ajudar. Você também pode dizer o mesmo. Você é valioso para Deus. Sinta-se importante, você é.

Charles L. Allen, em “A PSIQUIATRIA DE DEUS”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s