* OUSADIA, MARCA DO CRISTÃO

“Portanto, irmãos, temos ousadia para entrar no Santo dos santos, pelo sangue de Jesus, por um novo e vivo caminho, que ele nos abriu por meio do véu, isto é, do seu corpo.” (Hb 10:19
Você compreende, nós temos ousadia em Cristo Jesus. Sua ousadia não se baseia no fato de que você é bom o suficiente, ou merecedor, mas no que Ele fez por nós. Repare o escritor de Hebreus explicando por que podemos entrar no Santo dos santos e viver as promessas de Deus.

Ele atribui isso ao fato de termos um Sumo Sacerdote que entrou primeiro, que deu seu sangue por nós e, como você viu anteriormente, nos colocou dentro dEle. Por isso,não faz o menor sentido um cristão, por complexo de inferioridade, vergonha, culpa, incapacidade ou medo, ficar distante dos lugares celestiais e da vida abundante que Deus tem para ele. Esses fatores são humanos, oriundos da velha natureza, mas nossa ousadia não vem de nós, vem Dele.

“Segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus, nosso Senhor, no qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé nele.” Ef 3:11-12
Com esse texto nós vemos que a ousadia está em Cristo. No ministério Dele, enquanto esteve encarnado aqui na terra, vimos a manifestação da ousadia em tudo que Ele fazia. Repare, seus milagres não eram orações, eram ordens. Aliás, quando se trata de milagres, você não consegue achar nos evangelhos orações de petição ao Pai. Uma das únicas vezes que Ele ora antes de um milagre para ressuscitar Lázaro agradece ao Pai por ouvi-lo.

Jesus ordenava ao cego que enxergasse, ao surdo que ouvisse, ao morto que ressuscitasse. Até mesmo a tempestade era repreendida. Ele fazia isso por que conhecia a vontade do Pai e sua identidade como Filho de Deus. A ousadia era uma marca, não somente quando Ele fazia milagres, mas também na forma como falava.

Veja, Jesus não se importava com a opinião dos religiosos. Ele só se importava em fazer a vontade do Pai. Um dos obstáculos à ousadia é se importar demais com as opiniões humanas. Os elogios não ensoberbeciam a Jesus, nem as críticas o desanimavam. O seu único alimento, a única opinião que Ele permitia entrar nEle, era a do Pai. Ele buscava a vontade de Deus.

Será que o medo de ser criticado está lhe impedindo de ser ousado na prática de alguma verdade bíblica? Uma crítica humana é mais importante que o aplauso do céu? Ou, por outro lado, o elogio tem envenenado sua alma? Nem as críticas nem os elogios podem servir de alimento para nós.

A ousadia é uma marca do Cristianismo. Quando observamos o livro de Atos vemos que a ousadia era o combustível para os atos dos apóstolos. Tudo no livro cheira à gasolina da ousadia. Deus quer agir ousadamente sobre a sua família, sua vida espiritual, seu ministério….sobre todos os aspectos da sua vida. Ele está apenas esperando você ousadamente agir em amor, oração, meditação na Palavra, pregação do evangelho. Porém em vez de ir, estamos explicando por que ficamos. Não gastamos a nossa energia em fazer. Está na hora de permitir que o poder de Deus flua em nós e sobre nós.

Drummond Lacerda, em “OUSADIA ALÉM DAS CIRCUNSTÂNCIAS”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s