* NO ÚLTIMO SEGUNDO DO SEGUNDO TEMPO…

 

Isto nunca falha, não é? As coisas não são como parecem. Quando você pensa que não podem ficar piores, elas ficam.

Mas, para os que se sustentam em Deus, também é verdade que, quando tudo parece perdido, as coisas mudam. Gosto das duas primeiras palavras de Ester 6.1: “Naquela noite”. As coisas são assim com Deus. Na última hora, Ele interfere e faz o inesperado. Quando ninguém parece notar e se importar, Ele nota e se importa. “Naquela noite”.

Um princípio teológico magnífico sublinhado repetidamente nas Escrituras é este:Quando Deus parece ausente, Ele está presente. Mesmo quando você pensa que perdeu tudo, Deus usa o fato como uma oportunidade para despertá-lo para a compreensão de que ele se encontra no controle, assim como para levá-lo a ajoelhar-se.

“Deus não é injusto; Ele não se esquecerá do trabalho de vocês e do amor que demonstraram por Ele, pois ajudaram os santos e continuam a ajudá-los.” Hebreus 6.10
Admiro estas palavras: “Deus não é injusto” e “não se esquecerá”. Quando mais ninguém nota, pode ficar certo, Deus observa. Quando ninguém mais lembra, Deus se lembra para que o fato não seja esquecido.

Você sente que Deus tem estado ausente em sua vida, de alguma forma distante? Quero lembrá-lo disto: Ele pode ter parecido ausente para você, mas tem estado presente o tempo todo. Além disso, Ele conhece o seu coração. Sabe a verdadeira condição da sua alma. Sabe de tudo. Mas Ele ouviu o seu clamor e não vai rejeitá-lo.

Charles Swindoll, em “ESTER – HERÓIS DA FÉ”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s