* PEDRAS REMOVIDAS


Lázaro estava muito doente em Betânia, e suas irmãs esperavam o mestre Jesus, pois este representava a cura. Jesus estava na Judéia, e ao receber a noticia permaneceu evangelizando os necessitados, os enfermos (Mt 9:12) Era necessário cuidar das coisas do Pai.

Quando o mestre chega em Betânia, após quatro dias da morte de Lázaro, as irmãs do defunto choravam, e diziam: se estivesse aqui meu irmão não teria morrido. Mas o mestre estava sendo guiado por Deus, e falou: ‘’Eu sou a ressurreição e a vida, quem crer em mim, ainda que esteja morto viverá’’ (João 11:25).

Jesus se aproximou do túmulo, e falou: “tirai a pedra para que Lázaro saia”. “Senhor já cheira mal, pois tem quatro dias que ele morreu”, diziam os presentes (João 11:39).

Aquelas pessoas não sabiam que a enfermidade de Lázaro era para glória do Senhor, tudo aquilo era estratégia do Pai, para que houvesse conversões.

As pedras nos impedem de receber de Deus tudo aquilo que Ele tem para nos dar. Nossos sonhos serão ressuscitados quando não duvidamos, independente das circunstâncias. Nada é impossível para Jesus quando Ele está no comando, o mar pode estar agitado, o barquinho parecendo virar, mas basta uma palavra que tudo se acalma.

Ao retirar a pedra, Jesus grita: “Lázaro venha para fora!”. Muitos olhavam e, de repente, até falavam: “impossível, tem quatro dias!” E quando menos esperavam, Lázaro sai com as mãos e os pés atados. Imagino que muitos devam ter chorado, batido palmas, a alegria foi total naquele lugar.

Quando as pedras da descrença, do desânimo e da paralisia espiritual estão no caminho, nossos pés e mãos continuem atados. Pois nossa luta não é carnal, ou seja, contra os vizinhos, amigos, familiares, empregados, mas, espiritual. Só teremos condições de lutar contra os dardos inflamados do maligno se deixamos a palavra cair no coração. E, quando isto ocorre, passamos a dar frutos. Pois ao ouvir a palavra de Deus nossa fé é fortalecida, fazendo com que as pedras rolem, abrindo passagem para as bênçãos de Deus. Sem o conhecimento necessário as pessoas perecerão, com as mãos e os pés atados.

Daniel Parrela

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s