* BENDITA VULNERABILIDADE


Nós já vimos que Deus dá graça ao humilde, mas muitos não compreendem a humildade. Ter humildade não é se rebaixar ou negar a própria força, mas ser sincero sobre suas fraquezas. Quanto mais franco você for, mas terá a graça de Deus. E também receberá a graça dos outros. A vulnerabilidade é uma qualidade cativante. Somos naturalmente atraídos por pessoas humildes. A pretensão traz aversão, mas a autenticidade atrai, e a vulnerabilidade é o caminho para a intimidade.

É por isso que Deus quer usar sua fraqueza, e não apenas seus pontos fortes. Se as pessoas só puderem ver seus pontos fortes, irão desanimar e pensar: “Bem, melhor para ele, mas nunca poderei fazer isso”. Entretanto, quando vêem Deus usá-lo apesar de suas fraquezas, animam-se e pensam: “Talvez Deus também possa usar-me!”. Nossos pontos fortes criam competição, mas nossas fraquezas criam a vida em comunhão.

Em algum ponto da vida você terá que decidir se quer impressionar ou influenciar as pessoas. Você pode impressionar de longe, mas tem que chegar perto para influenciá-las; e, quando fizer isso, elas poderão ver suas imperfeições. Não há nenhum problema. A qualidade essencial de um líder não é a perfeição, mas a credibilidade. As pessoas devem ser capazes de confiar em você, caso contrário não o seguirão. Como você constrói credibilidade? Não fingindo ser perfeito, mas sendo sincero.

Paulo disse: “De mim mesmo não me gloriarei, senão nas minhas fraquezas.” 2Co 12:5. Em vez de posar de ícone da invencibilidade e autoconfiança, veja a si mesmo como um troféu da graça de Deus. Quando apontarem as suas fraquezas, concorde e encha o coração de louvores a Jesus que “compreende todas as nossas fraquezas” Hb 4:15 e ao “Espírito Santo que nos ajuda em nossa fraqueza” Rm 8:26.

Algumas vezes, entretanto, Deus transforma um ponto forte em fraqueza, a fim de nos usar ainda mais. Jacó foi um manipulador, passou a vida conspirando e então fugindo das conseqüências. Certa noite, ele lutou com Deus e disse: “Eu não o deixarei ir enquanto não me abençoar”. Deus disse: “Tudo bem”, mas então lhe deslocou a coxa. O que significa isso?

Deus tocou a força de Jacó (o músculo da coxa é o mais forte do corpo humano) e a transformou em fraqueza. Daquele dia em diante, Jacó passou a mancar, para que jamais voltasse a fugir. Isso o forçou a depender de Deus, quer desejasse, quer não. Se você quer que Deus o abençoe e o use de forma poderosa, deverá estar disposto a “mancar” pelo resto da vida, pois Deus usa pessoas fracas.

Rick Warren, em “UMA VIDA COM PROPÓSITOS”

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s